domingo, 9 de janeiro de 2011

O QUE É INTERTEXTUALIDADE?

FROILAM DE OLIVEIRA

Intertextualidade é a superposição de um texto literário a outro 1. influência de um texto sobre outro que o toma como modelo ou ponto de partida, e que gera a atualização do texto citado 2. utilização de uma multiplicidade de textos ou de partes de textos preexistentes de um ou mais autores, de que resulta a elaboração de um novo texto literário (Houaiss).

Tipos de intertextualidade:

- Epígrafe - designa os fragmentos de textos que servem de lema ou divisa de uma obra, capítulo, ou poema. Pode ocorrer logo abaixo do título de um livro, ou ainda à entrada de um capítulo, ou composição poética. Por vezes, não existindo vínculo entre ela e o conteúdo da obra, funciona como mero enfeite ou demonstração pueril de conhecimento (Massaud Moisés).

- Citação - transcrição do texto alheio, marcada por aspas.

- Paráfrase - reprodução do texto do outro com as palavras do autor, muitas vezes para torná-lo mais claro. Ela é diferente do plágio, pois o autor deixa claro sua intenção e a fonte.

- Paródia - Designa toda composição literária que imita, cômica ou satiricamente, o tema ou/e a forma de uma obra séria. O intuito da paródia consiste em ridicularizar uma tendência ou um estilo.

- Pastiche - diz-se de uma obra que, imita servilmente a outra, ou mistura canhestramente trechos de várias procedências. De sentido pejorativo, corresponde, até certo ponto, à paródia.

- Tradução - a versão de uma língua para outra está no campo da intertextualidade porque implica em recriação do texto traduzido.

- Referência - nota informativa de remissão em uma publicação.

- Alusão - referência vaga, de maneira indireta, a um autor ou obra.

(Texto extraído da internet)


video

Nenhum comentário:

Postar um comentário